Sabin Por: Sabin
Leitura
7min 55s
OUVIR 00:00
AAA

A prática regular da Yoga pode proporcionar benefícios como melhorias no sistema cardíaco e respiratório, controle do estresse e ansiedade, maior equilíbrio, fortalecimento do tônus muscular e demais aspectos que vão contribuir de forma ativa para que possa executar as atividades do dia a dia com disposição e produtividade. E por isso essa tradição milenar é cada dia mais popular em todo o mundo. 

Pensando nisso, elaboramos este artigo para explicar o que é a Yoga, suas vantagens e como praticá-la. Acompanhe!

O que é Yoga e como se popularizou no mundo?

A palavra Yoga é originária do sânscrito Yuji, que quer dizer união ou jugo, e está relacionada a uma prática indiana que alinha o corpo e a mente. O primeiro a reunir os princípios da Yoga foi Patanjali, em sua obra chamada Yoga Sutras.

As práticas de Yoga envolvem meditação, exercícios respiratórios e posturas específicas para trabalhar a consciência corporal e proporcionar a sensação de relaxamento, ocasionando vários benefícios para asaúde física e mental. Popularizou-se no ocidente por meio dos asanas, que representam posturas corporais executadas em condições de estabilidade e conforto, com o intuito de preparar a mente para as técnicas introduzidas.

Quais são os principais tipos de Yoga?

Existem vários tipos de Yoga, que podem se adaptar às preferências e limitações de cada pessoa. Conheça os principais!

Hatha Yoga

Trata-se da Yoga “clássica”, composta de técnicas de respiração e posturas que estimulam a energia do corpo (pranayama), exercícios de limpeza e purificação (kriyas). Tem foco na permanência das posturas e, por esse motivo, melhora a consciência corporal e a capacidade de concentração.

Vinyasa Flow Yoga

É um tipo livre na proposta das sequências de posturas (asanas) e apresenta uma boa conexão entre transição de movimento e respiração. Também é possível elaborar aulas temáticas, focadas em forças das pernas e extensão de coluna, por exemplo. Dessa forma, é uma aula mais dinâmica.

Ashtanga Vinyasa Yoga

Apresenta seis séries de prática, cada uma com um grupo de posturas. A aula sempre começa com a entonação de um mantra e, em seguida, saudações ao sol e a sequência de outras posturas. É finalizada com o relaxamento total.

O fio condutor dessa prática é a respiração, que deve estar conectada com o movimento, o que requer muita concentração. Além disso, trabalha o corpo como um todo, tendo em vista que abrange todos os grupos musculares e suas aptidões: flexibilidade, força e resistência.

Outro ponto relevante são os drishtis. Eles são focos de visão que ajudam a firmar a concentração do praticante, que exige muita disciplina, levando em conta que as séries precisam ser executadas todos os dias, exceto aos domingos e primeiros dias de lua cheia e nova.

Hot Yoga

É uma técnica praticada em uma sala aquecida a até 42º e apresenta uma sequência fixa de asanas. Pelo fato de o aluno suar muito no decorrer da aula, é possível ingerir água sempre que necessário.

Na primeira aula, o correto é executar as posturas devagar para que o corpo se adéque à temperatura. Também é preciso ter atenção para não se alongar mais do que aguenta, já que o calor relaxa a musculatura e a torna mais flexível.

Iyengar Yoga

Essa técnica foca no alinhamento da postura e usa equipamentos como almofadões, cadeiras, cabos de madeira, blocos de EVA, entre outros, que simplificam esse processo. Tais acessórios facilitam a adaptação das posturas, sendo assim, gestantes, idosos e demais pessoas com algum tipo de limitação podem realizar a aula, desde que possuam o atestado médico liberando para praticar a atividade física.

Quais são os benefícios da Yoga?

Continue a leitura e conheça os principais benefícios da Yoga:

Aumenta a flexibilidade

A elasticidade é uma das principais capacidades físicas trabalhadas na Yoga. Dessa forma, a prática é muito recomendada para as pessoas que realizam treinos de força e precisam evitar o encurtamento muscular.

Melhora a respiração

As posturas da Yoga podem ajudar o aluno a respirar de maneira mais profunda e lenta. Isso melhora o desempenho dos pulmões e eleva o volume de oxigênio aspirado na respiração. Essa capacidade gera ganhos significativos para os portadores de asma e estresse, por exemplo.

Ajuda a diminuir o estresse

A meditação praticada na Yoga faz com que o aluno se conecte ao presente, aliviando a mente de problemas do passado ou futuro. Isso proporciona a sensação de paz interior, equilíbrio emocional, bem-estar e capacidade de solucionar situações do dia a dia de modo saudável.

Ainda, auxilia no tratamento da depressão, levando em conta a sensação de relaxamento e aumento da concentração, autoconfiança, minimização da irritabilidade e melhora nos relacionamentos interpessoais.

Alivia a ansiedade

Ao aprender a respirar de maneira profunda, desacelerar o ritmo e ter paciência para fazer uma tarefa de cada vez, é possível treinar a mente, se concentrar no presente e extinguir os empecilhos sem relevância que possam impactar a rotina e qualidade de vida.

Como começar a praticar Yoga?

Para começar a praticá-la, é importante tomar alguns cuidados. Veja quais são!

Busque por um profissional qualificado

Antes de tudo, é importante buscar um profissional qualificado e, assim, conquistar os resultados esperados. Para isso, você pode pedir indicações de familiares ou amigos, pesquisar na internet, visitar escolas, estúdios e academias que oferecem os serviços para conhecer a estrutura, entre outros.

Vista roupas adequadas

Escolha roupas confortáveis e elásticas, que não incomodem ao executar determinada postura ou uma inversão. Sapatos não são necessários, já que a Yoga é feita com os pés descalços, mas é possível usar meias específicas com alça na parte inferior para evitar que os pés escorreguem sobre o tapete.

Pesquise sobre respiração e posturas para iniciantes

Pesquise a respeito das técnicas de respiração e posições de nível básico para iniciantes, por exemplo, triângulo, torção sentada, curva, entre outras.

Tenha um objetivo e defina seus limites

Você pode estabelecer um objetivo na sua prática de Yoga. Tenha em mente que se trata de uma prática pessoal, e o que pode ser eficaz para uma pessoa pode não ser para outra. Então, conheça seu corpo e supere seus limites à medida que for avançando na sua jornada.

Agora que você conhece um pouco mais sobre a Yoga e seus benefícios, o ideal é consultar seu médico para entender se a prática está adequada às suas limitações e, em seguida, buscar auxílio de um profissional qualificado para aplicar a técnica correta e ajudar você a alcançar as vantagens desejadas.

Gostou deste artigo? Então, assine a nossa newsletter e receba no seu e-mail informações relevantes e atuais sobre outros temas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Autocuidado

Dicas do Sabin: saiba como melhorar a qualidade do sono

Dormir bem é um hábito essencial na vida de qualquer pessoa, tendo em vista que durante o sono o organismo executa funções restauradoras e importantes para a saúde física e mental. Estamos falando de reposição de energias, reparo dos tecidos,...

Autocuidado

Descubra como montar um cronograma de exercícios físicos personalizado

Manter o corpo ativo faz parte das estratégias para cuidar da saúde. Assim como faria no planejamento de uma alimentação saudável, você precisa organizar a rotina de modo que inclua a prática de esportes e outras atividades. E o primeiro passo é...

Vacinas

Qual é a importância da vacinação? Saiba como as vacinas funcionam no corpo humano

A pandemia de Covid-19 trouxe à tona uma série de dúvidas que tínhamos sobre assuntos que, até então, pareciam ser compreendidos de forma consensual pela sociedade. Um deles é a vacinação, que se tornou tema de debates e discussões, algo que não...

Conheça mais sobre a prática do Yoga e seus benefícios para a saúde; A prática regular da Yoga pode proporcionar benefícios como melhorias no sistema cardíaco e respiratório, controle do estresse e ansiedade, maior equilíbrio, fortalecimento do tônus muscular e demais aspectos que vão contribuir de forma ativa para que possa executar as atividades do dia a dia com disposição e produtividade. E por isso essa tradição milenar é cada dia mais popular em todo o mundo.  Pensando nisso, elaboramos este artigo para explicar o que é a Yoga, suas vantagens e como praticá-la. Acompanhe! O que é Yoga e como se popularizou no mundo? A palavra Yoga é originária do sânscrito Yuji, que quer dizer união ou jugo, e está relacionada a uma prática indiana que alinha o corpo e a mente. O primeiro a reunir os princípios da Yoga foi Patanjali, em sua obra chamada Yoga Sutras. As práticas de Yoga envolvem meditação, exercícios respiratórios e posturas específicas para trabalhar a consciência corporal e proporcionar a sensação de relaxamento, ocasionando vários benefícios para asaúde física e mental. Popularizou-se no ocidente por meio dos asanas, que representam posturas corporais executadas em condições de estabilidade e conforto, com o intuito de preparar a mente para as técnicas introduzidas. Quais são os principais tipos de Yoga? Existem vários tipos de Yoga, que podem se adaptar às preferências e limitações de cada pessoa. Conheça os principais! Hatha Yoga Trata-se da Yoga “clássica”, composta de técnicas de respiração e posturas que estimulam a energia do corpo (pranayama), exercícios de limpeza e purificação (kriyas). Tem foco na permanência das posturas e, por esse motivo, melhora a consciência corporal e a capacidade de concentração. Vinyasa Flow Yoga É um tipo livre na proposta das sequências de posturas (asanas) e apresenta uma boa conexão entre transição de movimento e respiração. Também é possível elaborar aulas temáticas, focadas em forças das pernas e extensão de coluna, por exemplo. Dessa forma, é uma aula mais dinâmica. Ashtanga Vinyasa Yoga Apresenta seis séries de prática, cada uma com um grupo de posturas. A aula sempre começa com a entonação de um mantra e, em seguida, saudações ao sol e a sequência de outras posturas. É finalizada com o relaxamento total. O fio condutor dessa prática é a respiração, que deve estar conectada com o movimento, o que requer muita concentração. Além disso, trabalha o corpo como um todo, tendo em vista que abrange todos os grupos musculares e suas aptidões: flexibilidade, força e resistência. Outro ponto relevante são os drishtis. Eles são focos de visão que ajudam a firmar a concentração do praticante, que exige muita disciplina, levando em conta que as séries precisam ser executadas todos os dias, exceto aos domingos e primeiros dias de lua cheia e nova. Hot Yoga É uma técnica praticada em uma sala aquecida a até 42º e apresenta uma sequência fixa de asanas. Pelo fato de o aluno suar muito no decorrer da aula, é possível ingerir água sempre que necessário. Na primeira aula, o correto é executar as posturas devagar para que o corpo se adéque à temperatura. Também é preciso ter atenção para não se alongar mais do que aguenta, já que o calor relaxa a musculatura e a torna mais flexível. Iyengar Yoga Essa técnica foca no alinhamento da postura e usa equipamentos como almofadões, cadeiras, cabos de madeira, blocos de EVA, entre outros, que simplificam esse processo. Tais acessórios facilitam a adaptação das posturas, sendo assim, gestantes, idosos e demais pessoas com algum tipo de limitação podem realizar a aula, desde que possuam o atestado médico liberando para praticar a atividade física. Quais são os benefícios da Yoga? Continue a leitura e conheça os principais benefícios da Yoga: Aumenta a flexibilidade A elasticidade é uma das principais capacidades físicas trabalhadas na Yoga. Dessa forma, a prática é muito recomendada para as pessoas que realizam treinos de força e precisam evitar o encurtamento muscular. Melhora a respiração As posturas da Yoga podem ajudar o aluno a respirar de maneira mais profunda e lenta. Isso melhora o desempenho dos pulmões e eleva o volume de oxigênio aspirado na respiração. Essa capacidade gera ganhos significativos para os portadores de asma e estresse, por exemplo. Ajuda a diminuir o estresse A meditação praticada na Yoga faz com que o aluno se conecte ao presente, aliviando a mente de problemas do passado ou futuro. Isso proporciona a sensação de paz interior, equilíbrio emocional, bem-estar e capacidade de solucionar situações do dia a dia de modo saudável. Ainda, auxilia no tratamento da depressão, levando em conta a sensação de relaxamento e aumento da concentração, autoconfiança, minimização da irritabilidade e melhora nos relacionamentos interpessoais. Alivia a ansiedade Ao aprender a respirar de maneira profunda, desacelerar o ritmo e ter paciência para fazer uma tarefa de cada vez, é possível treinar a mente, se concentrar no presente e extinguir os empecilhos sem relevância que possam impactar a rotina e qualidade de vida. Como começar a praticar Yoga? Para começar a praticá-la, é importante tomar alguns cuidados. Veja quais são! Busque por um profissional qualificado Antes de tudo, é importante buscar um profissional qualificado e, assim, conquistar os resultados esperados. Para isso, você pode pedir indicações de familiares ou amigos, pesquisar na internet, visitar escolas, estúdios e academias que oferecem os serviços para conhecer a estrutura, entre outros. Vista roupas adequadas Escolha roupas confortáveis e elásticas, que não incomodem ao executar determinada postura ou uma inversão. Sapatos não são necessários, já que a Yoga é feita com os pés descalços, mas é possível usar meias específicas com alça na parte inferior para evitar que os pés escorreguem sobre o tapete. Pesquise sobre respiração e posturas para iniciantes Pesquise a respeito das técnicas de respiração e posições de nível básico para iniciantes, por exemplo, triângulo, torção sentada, curva, entre outras. Tenha um objetivo e defina seus limites Você pode estabelecer um objetivo na sua prática de Yoga. Tenha em mente que se trata de uma prática pessoal, e o que pode ser eficaz para uma pessoa pode não ser para outra. Então, conheça seu corpo e supere seus limites à medida que for avançando na sua jornada. Agora que você conhece um pouco mais sobre a Yoga e seus benefícios, o ideal é consultar seu médico para entender se a prática está adequada às suas limitações e, em seguida, buscar auxílio de um profissional qualificado para aplicar a técnica correta e ajudar você a alcançar as vantagens desejadas. Gostou deste artigo? Então, assine a nossa newsletter e receba no seu e-mail informações relevantes e atuais sobre outros temas!

Olá! Nosso site utiliza cookies para que possamos otimizar o atendimento que prestamos a você. Ao utilizar nosso site, você concorda com uso deles. Para saber mais, leia nossa política de privacidade.