Sabin Por: Sabin
Leitura
8min 11s
OUVIR 00:00
AAA

A pandemia de Covid-19 pegou todos de surpresa. Ao final de 2019, ninguém imaginava que o ano seguinte seria marcado por cenários que antes só eram vistos em filmes, e essa acabaria se tornando a realidade à qual tivemos que nos adaptar. O desenvolvimento das vacinas e a sua aplicação na população trazem a esperança de que, em breve, tudo voltará ao normal.

Apesar disso, ainda há um longo caminho a ser percorrido. Por isso, os cuidados com o uso da máscara e do álcool em gel, além do distanciamento social, devem continuar! E, claro, a realização de uma vacinação e testagens eficazes.

Nesse contexto, o Teste de Anticorpos Neutralizantes pode ser um grande aliado no combate à Covid-19. Não sabe do que estamos falando? Então, confira tudo o que o Dr. Rafael Jácomo, diretor técnico do Grupo Sabin, tem a nos dizer sobre o assunto!

O que são anticorpos neutralizantes?

O termo “anticorpos” se refere a uma classe de moléculas produzidas pelas células de defesa de nosso organismo. Em outras palavras, eles são uma espécie de “arma” que o nosso corpo tem para combater doenças.

Portanto, os anticorpos neutralizantes são aqueles que neutralizam as ameaças causadoras de doenças, como os vírus.

O que é o Teste de Anticorpos Neutralizantes?

De acordo com o Dr. Rafael:

“O Teste de Anticorpos Neutralizantes clássico é utilizado em estudos clínicos de vacinas para avaliar se o indivíduo que foi vacinado apresentou uma resposta imune que iniba a ligação entre o vírus e a célula do hospedeiro.”

Assim, esse teste clássico é utilizado no processo de desenvolvimento da vacina. Ou seja, os voluntários recebem a vacina e, depois de um tempo, fazem o Exame de Anticorpos Neutralizantes para verificar se criaram uma resposta imunológica contra a doença.

E quanto ao Teste de Anticorpos Neutralizantes oferecido pelo Grupo Sabin?

O exame disponível no Grupo Sabin é igualmente eficaz, mas funciona de maneira diferente. Enquanto o usado no desenvolvimento das vacinas depende do vírus vivo, o nosso analisa a combinação entre uma proteína do coronavírus e outra do paciente.

Segundo o Dr. Rafael:

“Normalmente, as proteínas do vírus interagem para que ele possa entrar na célula. Da mesma forma que no teste clássico, esse exame serve para avaliar se há um bloqueio da ligação entre elas e as proteínas do paciente.”

Caso o bloqueio seja positivo, significa que o paciente desenvolveu uma resposta imune ao coronavírus.

Quais são as etapas, normalmente, utilizadas para testar a efetividade de uma vacina?

Esse é um teste feito em três etapas. Confira um pouco mais sobre elas a seguir:

  • na primeira etapa, são selecionadas células vivas;
  • na segunda, é feita a introdução do vírus vivo no ambiente laboratorial;
  • na última, é adicionado o soro sanguíneo do paciente a ser testado.

Em outras palavras, o que ocorre é: em um ambiente laboratorial, os profissionais imitam as reações que acontecem dentro do nosso organismo quando entramos em contato com o vírus.

Nas primeiras etapas, ele apresenta células saudáveis ao componente viral. Depois, entra com o soro do paciente vacinado, para verificar se há ou não um combate ao vírus.

No teste do Sabin, as etapas envolvem apenas as proteínas do vírus e do paciente analisado. Por isso, segundo o Dr. Rafael, ele é mais simples — mas não menos eficiente!

O exame é totalmente automatizado, e o resultado sai em cerca de 1 dia. Para realizá-lo, o paciente não precisa estar em jejum. Nenhum preparo extra é necessário e o teste é feito a partir da coleta de uma amostra de sangue.

Como o resultado é interpretado?

Ao se testar o soro de uma pessoa que não tem a resposta imune, observa-se uma ligação, quase que direta, entre as proteínas do vírus e do indivíduo, diferentemente daqueles que já têm a resposta imunológica, que terão essa ligação bloqueada. Isso sinaliza que houve resposta à vacina.

O Dr. Rafael explicou, ainda, que os resultados aparecem em porcentagens. Ou seja: quanto maior, melhor! Um resultado de 100% seria o ideal, enquanto os pacientes que pontuaram abaixo de 20% não desenvolveram uma resposta imune adequada.

Lembrando que nem sempre esse exame assegura a falta de sucesso na imunização. Isso porque há outros tipos de resposta imunológica, como a das células T, que não são detectadas com o Teste de Anticorpos Neutralizantes.

Para quem o teste é recomendado?

Veja, agora, as indicações para o teste de anticorpos neutralizantes.

Pessoas que acham que tiveram Covid

Teve os sintomas de Covid, não conseguiu fazer nenhum teste e por isso não sabe se, realmente, teve COVID? Os seus exames de PCR e teste rápido não foram conclusivos? Então, esse exame é ideal para você, pois ele demonstrará se você tem anticorpos e assim, que teve contato com o vírus.

Pessoas que se vacinaram e querem saber sobre os anticorpos

Outro uso desse teste é como um exame pós-vacina, ou seja: foi vacinado e quer saber se produziu anticorpos?

O Teste de Anticorpos Neutralizantes dirá se você realmente desenvolveu uma resposta imune contra a Covid-19.

Lembrando que, para fazer o teste, você precisa aguardar cerca de 30 dias após o término dos sintomas ou do esquema de vacinação (válido tanto para as duas doses de CoronaVac, Pfizer e AstraZeneca como para a dose única da Janssen).

Quais são as vantagens?

Algumas das vantagens do Teste de Anticorpos Neutralizantes são:

  • é rápido, com resultados que saem em cerca de 24 horas;
  • não requer preparo específico;
  • é feito apenas com uma amostra simples de sangue.

Por quanto tempo os anticorpos neutralizantes da Covid-19 permanecem no organismo?

Como a Covid-19 é uma doença nova, ainda não se sabe muito sobre a duração da ação dos anticorpos neutralizantes no organismo. Para termos essa resposta, ainda precisamos estudar muito e acompanhar os pacientes que foram vacinados ou tiveram a doença.

Por que optar pelo Sabin para a testagem?

O Grupo Sabin alia tecnologia e tradição. Atuamos no mercado há mais de 30 anos e contamos com uma série de certificações nacionais e internacionais, como a do Colégio Americano de Patologistas (CAP).

O objetivo do Sabin é fazer Medicina Diagnóstica sem complicações, trazendo um atendimento humanizado aliado ao que há de mais moderno no setor, com uma ampla relação dos exames!

Quais são as orientações contra a Covid?

Mesmo que a vacinação esteja avançando, não custa lembrar que ainda é preciso manter as medidas de prevenção ao coronavírus. As principais são:

  • manter o uso de máscaras em locais abertos e fechados;
  • completar o protocolo vacinal, tomando a segunda dose do imunizante;
  • evitar aglomerações;
  • sempre que possível, lavar as mãos com água e sabão ou higienizá-las com álcool gel.

Com essas medidas, evitamos não só o contágio de novas pessoas, mas também o surgimento de variantes.

Gostou de conhecer mais sobre o Teste de Anticorpos Neutralizantes e suas funções? Converse com o seu médico de confiança sobre a necessidade de realizar esse exame e conte com o Sabin para o que for necessário!

Aproveite que está aqui para conferir o post de nosso blog em que abordamos outros exames para a avaliar a imunidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Autocuidado

Conheça 8 dicas práticas para ter uma rotina saudável

É muito comum ouvirmos que devemos adotar uma rotina saudável. Essa ideia está presente na mídia, nos consultórios médicos e até nas rodas de conversa em família. Mas, afinal, o que isso significa? A verdade é que depende. Não há uma única...

Autocuidado

Saiba como os exercícios físicos ajudam na sua saúde

Você já deve ter ouvido falar sobre como exercícios físicos ajudam na saúde, certo? Mas, afinal, qual é a relevância desse hábito para o nosso dia a dia? Apenas se exercitar é o suficiente para ter um organismo mais saudável? E como praticá-los da...

Saúde

O que é Novembro Azul? Entenda o mês de prevenção ao câncer de próstata

Quando o assunto é câncer, todo mundo fica um pouco assustado. Não é para menos, já que essa é uma doença séria, podendo ser fatal. No entanto, uma das principais medidas para evitar esse desfecho é o diagnóstico precoce, um dos principais temas...

Teste de Anticorpos Neutralizantes: descubra como funciona e para que serve;A pandemia de Covid-19 pegou todos de surpresa. Ao final de 2019, ninguém imaginava que o ano seguinte seria marcado por cenários que antes só eram vistos em filmes, e essa acabaria se tornando a realidade à qual tivemos que nos adaptar. O desenvolvimento das vacinas e a sua aplicação na população trazem a esperança de que, em breve, tudo voltará ao normal. Apesar disso, ainda há um longo caminho a ser percorrido. Por isso, os cuidados com o uso da máscara e do álcool em gel, além do distanciamento social, devem continuar! E, claro, a realização de uma vacinação e testagens eficazes. Nesse contexto, o Teste de Anticorpos Neutralizantes pode ser um grande aliado no combate à Covid-19. Não sabe do que estamos falando? Então, confira tudo o que o Dr. Rafael Jácomo, diretor técnico do Grupo Sabin, tem a nos dizer sobre o assunto! O que são anticorpos neutralizantes? O termo “anticorpos” se refere a uma classe de moléculas produzidas pelas células de defesa de nosso organismo. Em outras palavras, eles são uma espécie de “arma” que o nosso corpo tem para combater doenças. Portanto, os anticorpos neutralizantes são aqueles que neutralizam as ameaças causadoras de doenças, como os vírus. O que é o Teste de Anticorpos Neutralizantes? De acordo com o Dr. Rafael: “O Teste de Anticorpos Neutralizantes clássico é utilizado em estudos clínicos de vacinas para avaliar se o indivíduo que foi vacinado apresentou uma resposta imune que iniba a ligação entre o vírus e a célula do hospedeiro.” Assim, esse teste clássico é utilizado no processo de desenvolvimento da vacina. Ou seja, os voluntários recebem a vacina e, depois de um tempo, fazem o Exame de Anticorpos Neutralizantes para verificar se criaram uma resposta imunológica contra a doença. E quanto ao Teste de Anticorpos Neutralizantes oferecido pelo Grupo Sabin? O exame disponível no Grupo Sabin é igualmente eficaz, mas funciona de maneira diferente. Enquanto o usado no desenvolvimento das vacinas depende do vírus vivo, o nosso analisa a combinação entre uma proteína do coronavírus e outra do paciente. Segundo o Dr. Rafael: “Normalmente, as proteínas do vírus interagem para que ele possa entrar na célula. Da mesma forma que no teste clássico, esse exame serve para avaliar se há um bloqueio da ligação entre elas e as proteínas do paciente.” Caso o bloqueio seja positivo, significa que o paciente desenvolveu uma resposta imune ao coronavírus. Quais são as etapas, normalmente, utilizadas para testar a efetividade de uma vacina? Esse é um teste feito em três etapas. Confira um pouco mais sobre elas a seguir: na primeira etapa, são selecionadas células vivas; na segunda, é feita a introdução do vírus vivo no ambiente laboratorial; na última, é adicionado o soro sanguíneo do paciente a ser testado. Em outras palavras, o que ocorre é: em um ambiente laboratorial, os profissionais imitam as reações que acontecem dentro do nosso organismo quando entramos em contato com o vírus. Nas primeiras etapas, ele apresenta células saudáveis ao componente viral. Depois, entra com o soro do paciente vacinado, para verificar se há ou não um combate ao vírus. No teste do Sabin, as etapas envolvem apenas as proteínas do vírus e do paciente analisado. Por isso, segundo o Dr. Rafael, ele é mais simples — mas não menos eficiente! O exame é totalmente automatizado, e o resultado sai em cerca de 1 dia. Para realizá-lo, o paciente não precisa estar em jejum. Nenhum preparo extra é necessário e o teste é feito a partir da coleta de uma amostra de sangue. Como o resultado é interpretado? Ao se testar o soro de uma pessoa que não tem a resposta imune, observa-se uma ligação, quase que direta, entre as proteínas do vírus e do indivíduo, diferentemente daqueles que já têm a resposta imunológica, que terão essa ligação bloqueada. Isso sinaliza que houve resposta à vacina. O Dr. Rafael explicou, ainda, que os resultados aparecem em porcentagens. Ou seja: quanto maior, melhor! Um resultado de 100% seria o ideal, enquanto os pacientes que pontuaram abaixo de 20% não desenvolveram uma resposta imune adequada. Lembrando que nem sempre esse exame assegura a falta de sucesso na imunização. Isso porque há outros tipos de resposta imunológica, como a das células T, que não são detectadas com o Teste de Anticorpos Neutralizantes. Para quem o teste é recomendado? Veja, agora, as indicações para o teste de anticorpos neutralizantes. Pessoas que acham que tiveram Covid Teve os sintomas de Covid, não conseguiu fazer nenhum teste e por isso não sabe se, realmente, teve COVID? Os seus exames de PCR e teste rápido não foram conclusivos? Então, esse exame é ideal para você, pois ele demonstrará se você tem anticorpos e assim, que teve contato com o vírus. Pessoas que se vacinaram e querem saber sobre os anticorpos Outro uso desse teste é como um exame pós-vacina, ou seja: foi vacinado e quer saber se produziu anticorpos? O Teste de Anticorpos Neutralizantes dirá se você realmente desenvolveu uma resposta imune contra a Covid-19. Lembrando que, para fazer o teste, você precisa aguardar cerca de 30 dias após o término dos sintomas ou do esquema de vacinação (válido tanto para as duas doses de CoronaVac, Pfizer e AstraZeneca como para a dose única da Janssen). Quais são as vantagens? Algumas das vantagens do Teste de Anticorpos Neutralizantes são: é rápido, com resultados que saem em cerca de 24 horas; não requer preparo específico; é feito apenas com uma amostra simples de sangue. Por quanto tempo os anticorpos neutralizantes da Covid-19 permanecem no organismo? Como a Covid-19 é uma doença nova, ainda não se sabe muito sobre a duração da ação dos anticorpos neutralizantes no organismo. Para termos essa resposta, ainda precisamos estudar muito e acompanhar os pacientes que foram vacinados ou tiveram a doença. Por que optar pelo Sabin para a testagem? O Grupo Sabin alia tecnologia e tradição. Atuamos no mercado há mais de 30 anos e contamos com uma série de certificações nacionais e internacionais, como a do Colégio Americano de Patologistas (CAP). O objetivo do Sabin é fazer Medicina Diagnóstica sem complicações, trazendo um atendimento humanizado aliado ao que há de mais moderno no setor, com uma ampla relação dos exames! Quais são as orientações contra a Covid? Mesmo que a vacinação esteja avançando, não custa lembrar que ainda é preciso manter as medidas de prevenção ao coronavírus. As principais são: manter o uso de máscaras em locais abertos e fechados; completar o protocolo vacinal, tomando a segunda dose do imunizante; evitar aglomerações; sempre que possível, lavar as mãos com água e sabão ou higienizá-las com álcool gel. Com essas medidas, evitamos não só o contágio de novas pessoas, mas também o surgimento de variantes. Gostou de conhecer mais sobre o Teste de Anticorpos Neutralizantes e suas funções? Converse com o seu médico de confiança sobre a necessidade de realizar esse exame e conte com o Sabin para o que for necessário! Aproveite que está aqui para conferir o post de nosso blog em que abordamos outros exames para a avaliar a imunidade!

Olá! Nosso site utiliza cookies para que possamos otimizar o atendimento que prestamos a você. Ao utilizar nosso site, você concorda com uso deles. Para saber mais, leia nossa política de privacidade.