Sabin Por: Sabin
Leitura
8min 21s
OUVIR 00:00
AAA

Referência mundial em medicina diagnóstica, o congresso AACC Annual Scientific Meeting & Clinical Lab Expo 2023 contou com a participação do Grupo Sabin, que apresentou relevantes pesquisas científicas nas áreas de genética e bioinformática.

Dr. Gustavo Barra, coordenador do setor de Genômica, detalha como foi a experiência, qual a importância do congresso para a comunidade científica e, em especial, para o Grupo Sabin, sua valiosa participação e contribuição, bem como os conhecimentos adquiridos e perspectivas futuras, cruciais para a constante evolução e o aprimoramento da medicina laboratorial.

Acompanhe!

Sobre o congresso

Organizado anualmente pela ADLM (Association for Diagnostics & Laboratory Medicine) — antes, AACC (American Association for Clinical Chemistry) —, o congresso Annual Scientific Meeting & Clinical Lab Expo visa conectar a comunidade global de medicina laboratorial, promovendo a apresentação de tecnologias de ponta e a oportunidade de atualização sobre novos produtos e serviços relacionados à medicina diagnóstica.

Na edição de 2023, o evento foi realizado entres os dias 23 e 27 de julho, na cidade de Anaheim, na Califórnia (EUA), com o tema “We are one”, que propõe questionar, desafiar e compartilhar ideias.

Dentro do congresso, ocorreu, ainda, a Clinical Lab Expo, feira que recebe expositores de áreas da ciência laboratorial clínica de diversos países. Na exposição, é possível, entre outras oportunidades, ter acesso às últimas inovações no que se refere a testes clínicos e soluções para laboratórios.

Trabalhos científicos do Sabin são apresentados

Com grande potencial inovador, o Sabin já marca presença neste grande evento por quase duas décadas, e sua participação assídua apenas reforça a incessante busca pela vanguarda na medicina diagnóstica.

Ao todo, foram mais de 300 palestrantes e mais de 250 sessões científicas. Dentre as apresentações, o Sabin teve cinco trabalhos aprovados e selecionados:

  1. “Incorporating the screening for congenital cytomegalovirus into a newborn genetic testing performed on saliva swabs: an intersection between human genetics and infectious diseases”.
  2. “Rapid implementation of monkeypox detection in a brazilian diagnostic laboratory”.
  3. “Benchmarking of bioinformatics and molecular tools for copy number variants calling from human genome: a detailed look at single exons”.
  4. “Application of Lean manufacturing in Electrophoresis Test processing in order to reduce lead time”.
  5. “Applying Robotic Process Automation technology to automate the release of pathology results and reduce costs, time and labor in a clinical laboratory”.

A seguir, destacamos duas das pesquisas apresentadas pela equipe do Sabin.

CMV congênito na triagem neonatal

O estudo científico “Incorporating the screening for congenital cytomegalovirus into a newborn genetic testing performed on saliva swabs: an intersection between human genetics and infectious diseases” enfatizou a importância da detecção precoce de distúrbios logo após o nascimento, a fim de evitar consequências futuras às condições de saúde da criança. 

O Sabin foi pioneiro ao complementar o Teste Genético da Bochechinha, realizado através da técnica de Sequenciamento de Nova Geração (NGS), com a pesquisa do citomegalovírus congênito por PCR. 

“Ao combinar a genética com a detecção de infecções, como o citomegalovírus, na triagem neonatal, estamos dando um passo significativo na medicina diagnóstica. Isso amplia nossa capacidade de diagnóstico e oferece um começo de vida mais protegido para os recém-nascidos. É uma verdadeira inovação!”, diz Dr. Gustavo.

Detecção molecular do mpox

Outro destaque do congresso ficou por conta do trabalho “Rapid implementation of monkeypox detection in a brazilian diagnostic laboratory”, que apresentou a técnica desenvolvida pelo Sabin durante a emergência de saúde pública do vírus mpox, ocorrida em 2022.

A partir de um protocolo de PCR específico, o método utilizado prioriza a especificidade, garantindo que o teste não confunda o vírus com outros patógenos. A forma ágil com que foi desenvolvido e introduzido durante o surto global de mpox representou um grande avanço para os diagnósticos.

Para se ter uma ideia da relevância para aquele cenário, Dr. Gustavo explica que, dos primeiros 206 testes realizados, 59 foram positivos.

“Este caso do mpox no Brasil destaca a importância da prontidão, inovação e capacidade de resposta rápida em saúde. A implementação do teste pelo nosso laboratório [Sabin] não só proporcionou uma ferramenta crucial no diagnóstico, mas também demonstrou nosso compromisso contínuo em servir os pacientes com excelência, especialmente em tempos de emergências em saúde”, avalia. 

O que representa a participação do Sabin em um evento como este?

O encontro científico anual do AACC/ADLM reúne as principais autoridades mundiais da inovação científica em medicina laboratorial, que discutem sobre as mais avançadas técnicas utilizadas, bem como apresentam o que há de mais moderno em produtos e serviços de diagnóstico e aplicação clínica. 

“Este congresso foi um marco, reunindo grandes mentes e inovações na área”, opina o médico.

No congresso, o Sabin pôde absorver um verdadeiro arsenal de conhecimento técnico, antecipando um universo de oportunidades. Um evento deste porte introduz, indiscutivelmente, os profissionais a um amplo leque de novas técnicas, metodologias científicas, equipamentos e softwares. Esse conhecimento exerce valor inestimável para as aplicações clínicas, especialmente no que tange a uma empresa considerada referência nacional na medicina diagnóstica, como o Grupo Sabin.

Perspectivas e tendências para o futuro

Com um potencial científico que tem, cada vez mais, se destacado no cenário internacional, o Brasil recebeu importante premiação no congresso com a pesquisa “Hipercolesterolemia familiar: uma abordagem envolvendo a genética funcional”, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e colaboração da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e da Universidade de São Paulo (USP). 

Sobre as atuais tendências do mercado de análises clínicas, Dr. Gustavo fez questão de ressaltar duas palestras ministradas no congresso consideradas inspiradoras sob seu ponto de vista. A primeira diz respeito ao pesquisador de biotecnologia Atul Butte, que trouxe o alto potencial de aplicação da inteligência artificial na medicina baseada em evidências, proporcionando maior precisão diagnóstica pelo uso de dados eletrônicos. Outro ponto alto do evento se deu com o microbiólogo americano Jeffrey Gordon, que compartilhou insights interessantes sobre o impacto transformador que as bactérias intestinais provocam na saúde global de um indivíduo, e como essa compreensão pode ser utilizada para auxiliar em medidas como o combate à desnutrição infantil.

O conhecimento adquirido acerca dos mais recentes avanços da medicina mundial, sem dúvidas, coloca o Sabin um passo à frente na promoção de melhorias e reforça o contínuo investimento científico de seus colaboradores, garantindo, assim, a manutenção da qualidade dos serviços oferecidos à sociedade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inovações científicas do Grupo Sabin são destaque no maior congresso de medicina diagnóstica mundial; Referência mundial em medicina diagnóstica, o congresso AACC Annual Scientific Meeting & Clinical Lab Expo 2023 contou com a participação do Grupo Sabin, que apresentou relevantes pesquisas científicas nas áreas de genética e bioinformática. Dr. Gustavo Barra, coordenador do setor de Genômica, detalha como foi a experiência, qual a importância do congresso para a comunidade científica e, em especial, para o Grupo Sabin, sua valiosa participação e contribuição, bem como os conhecimentos adquiridos e perspectivas futuras, cruciais para a constante evolução e o aprimoramento da medicina laboratorial. Acompanhe! Sobre o congresso Organizado anualmente pela ADLM (Association for Diagnostics & Laboratory Medicine) — antes, AACC (American Association for Clinical Chemistry) —, o congresso Annual Scientific Meeting & Clinical Lab Expo visa conectar a comunidade global de medicina laboratorial, promovendo a apresentação de tecnologias de ponta e a oportunidade de atualização sobre novos produtos e serviços relacionados à medicina diagnóstica. Na edição de 2023, o evento foi realizado entres os dias 23 e 27 de julho, na cidade de Anaheim, na Califórnia (EUA), com o tema “We are one”, que propõe questionar, desafiar e compartilhar ideias. Dentro do congresso, ocorreu, ainda, a Clinical Lab Expo, feira que recebe expositores de áreas da ciência laboratorial clínica de diversos países. Na exposição, é possível, entre outras oportunidades, ter acesso às últimas inovações no que se refere a testes clínicos e soluções para laboratórios. Trabalhos científicos do Sabin são apresentados Com grande potencial inovador, o Sabin já marca presença neste grande evento por quase duas décadas, e sua participação assídua apenas reforça a incessante busca pela vanguarda na medicina diagnóstica. Ao todo, foram mais de 300 palestrantes e mais de 250 sessões científicas. Dentre as apresentações, o Sabin teve cinco trabalhos aprovados e selecionados: “Incorporating the screening for congenital cytomegalovirus into a newborn genetic testing performed on saliva swabs: an intersection between human genetics and infectious diseases”. “Rapid implementation of monkeypox detection in a brazilian diagnostic laboratory”. “Benchmarking of bioinformatics and molecular tools for copy number variants calling from human genome: a detailed look at single exons”. “Application of Lean manufacturing in Electrophoresis Test processing in order to reduce lead time”. “Applying Robotic Process Automation technology to automate the release of pathology results and reduce costs, time and labor in a clinical laboratory”. A seguir, destacamos duas das pesquisas apresentadas pela equipe do Sabin. CMV congênito na triagem neonatal O estudo científico “Incorporating the screening for congenital cytomegalovirus into a newborn genetic testing performed on saliva swabs: an intersection between human genetics and infectious diseases” enfatizou a importância da detecção precoce de distúrbios logo após o nascimento, a fim de evitar consequências futuras às condições de saúde da criança.  O Sabin foi pioneiro ao complementar o Teste Genético da Bochechinha, realizado através da técnica de Sequenciamento de Nova Geração (NGS), com a pesquisa do citomegalovírus congênito por PCR.  “Ao combinar a genética com a detecção de infecções, como o citomegalovírus, na triagem neonatal, estamos dando um passo significativo na medicina diagnóstica. Isso amplia nossa capacidade de diagnóstico e oferece um começo de vida mais protegido para os recém-nascidos. É uma verdadeira inovação!”, diz Dr. Gustavo. Detecção molecular do mpox Outro destaque do congresso ficou por conta do trabalho “Rapid implementation of monkeypox detection in a brazilian diagnostic laboratory”, que apresentou a técnica desenvolvida pelo Sabin durante a emergência de saúde pública do vírus mpox, ocorrida em 2022. A partir de um protocolo de PCR específico, o método utilizado prioriza a especificidade, garantindo que o teste não confunda o vírus com outros patógenos. A forma ágil com que foi desenvolvido e introduzido durante o surto global de mpox representou um grande avanço para os diagnósticos. Para se ter uma ideia da relevância para aquele cenário, Dr. Gustavo explica que, dos primeiros 206 testes realizados, 59 foram positivos. “Este caso do mpox no Brasil destaca a importância da prontidão, inovação e capacidade de resposta rápida em saúde. A implementação do teste pelo nosso laboratório [Sabin] não só proporcionou uma ferramenta crucial no diagnóstico, mas também demonstrou nosso compromisso contínuo em servir os pacientes com excelência, especialmente em tempos de emergências em saúde”, avalia.  O que representa a participação do Sabin em um evento como este? O encontro científico anual do AACC/ADLM reúne as principais autoridades mundiais da inovação científica em medicina laboratorial, que discutem sobre as mais avançadas técnicas utilizadas, bem como apresentam o que há de mais moderno em produtos e serviços de diagnóstico e aplicação clínica.  “Este congresso foi um marco, reunindo grandes mentes e inovações na área”, opina o médico. No congresso, o Sabin pôde absorver um verdadeiro arsenal de conhecimento técnico, antecipando um universo de oportunidades. Um evento deste porte introduz, indiscutivelmente, os profissionais a um amplo leque de novas técnicas, metodologias científicas, equipamentos e softwares. Esse conhecimento exerce valor inestimável para as aplicações clínicas, especialmente no que tange a uma empresa considerada referência nacional na medicina diagnóstica, como o Grupo Sabin. Perspectivas e tendências para o futuro Com um potencial científico que tem, cada vez mais, se destacado no cenário internacional, o Brasil recebeu importante premiação no congresso com a pesquisa “Hipercolesterolemia familiar: uma abordagem envolvendo a genética funcional”, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e colaboração da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e da Universidade de São Paulo (USP).  Sobre as atuais tendências do mercado de análises clínicas, Dr. Gustavo fez questão de ressaltar duas palestras ministradas no congresso consideradas inspiradoras sob seu ponto de vista. A primeira diz respeito ao pesquisador de biotecnologia Atul Butte, que trouxe o alto potencial de aplicação da inteligência artificial na medicina baseada em evidências, proporcionando maior precisão diagnóstica pelo uso de dados eletrônicos. Outro ponto alto do evento se deu com o microbiólogo americano Jeffrey Gordon, que compartilhou insights interessantes sobre o impacto transformador que as bactérias intestinais provocam na saúde global de um indivíduo, e como essa compreensão pode ser utilizada para auxiliar em medidas como o combate à desnutrição infantil. O conhecimento adquirido acerca dos mais recentes avanços da medicina mundial, sem dúvidas, coloca o Sabin um passo à frente na promoção de melhorias e reforça o contínuo investimento científico de seus colaboradores, garantindo, assim, a manutenção da qualidade dos serviços oferecidos à sociedade.